Uso de Temperos II

Hoje vamos dar continuidade aos temperos, aquela dúvida que surgiu pela Pâmela, mas que pode ajudar muitos dos que vão para a cozinha diariamente. Eu sou uma eterna apaixonada por temperos, acho que por não gostar muito de sal e também porque na casa da minha vozinha sempre tinha uns temperinhos fresquinhos pra por na comida.

Vamos aprender um pouquinho mais de como usar esses temperos?

 

oréganoNoz Moscadacebolinhaaçafrão

 

* Noz Moscada

É um dos temperos mais versáteis que existe, por ter gosto “doce-apimentado” ela vai bem em pratos doces, salgados, bolos, molhos (principalmente o branco), biscoitos e mais uma infinidade de produtos.
Existe no mercado a versão em pó, mas a preferência é por comprá-la na forma de fruto mesmo utilizá-la moída na hora, uma vez que depois de algum tempo depois de moída as suas propriedades se perdem.
Uma observação importante diz respeito às mulheres grávidas: alguns estudos indicam a propriedade abortiva da noz moscada, por isso é indicado que não se faça o uso durante o período gestacional.
Apesar do ótimo sabor, é indicado o consumo moderado da nos moscada, não ultrapassando 3g. por dia.

* Orégano

Na culinária italiana, o orégano é indispensável, principalmente nos molhos de tomate, vegetais e legumes refogados e pizza, juntamente com o manjericão, que nós já abordamos aqui.
Eu uso oréganos em praticamente quase todo prato salgado que faço: na massa da panqueca, de tortas ou bolos salgados, nos muffins. Uso ainda no molho branco ou vermelho e até para fazer búrguer.
É um tempero coringa e ajuda muito na redução do consumo de sal.
Assim como a noz moscada, não é indicada para mulher em período gestacional, uma vez que pode causar contrações.

* Cebolinha Verde

Utilizada em praticamente todos os pratos salgados, a cebolinha é um tempero coringa. Pode ser usada em purês, patês, molhos, omeletes, sopas, saladas e até mesmo para decorar pratos.
O ideal é que a cebolinha esteja fresca quando for feito o consumo, todavia, se não utilizar um maço todo, você pode congelá-la e preservar assim as suas propriedades gustativas. Antes de congelá-la, o indicado é lavar bem e fazer a higienização, picá-la da maneira como você gosta de usar, e congelar pequenas porções em potinhos de vidro, ou então plásticos próprios para congelador.

Açafrão

O açafrão é originário do mediterrâneo, razão pela qual ele é utilizado principalmente em pratos que sejam de lá: risotos, caldos e massas. Possui aroma forte e bastante típico. Principalmente os pratos que tenham por base o arroz, pedem a presença do açafrão como tempero. O ideal é comprá-lo em estigma e não moído, para evitar que outros condimentos estejam a ele misturados, é um tempero bastante caro mas que vale a pena ter na cozinha.

E então? Gostaram das dicas de hoje?
Qualquer prato fica muito mais saboroso quando bem temperado, deixe o sal um pouco de lado e substitua-o por temperos, ou até mesmo pelo sal temperado, essa será o tema do nosso próximo “Toque de Chef”.
Quer ver algum tempero discutido aqui? ficou alguma dúvida? Use o espaço dos comentários e teremos prazer em ajudá-lo.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *