Pãozinho de Abóbora – Sem glúten, leite, soja e ovo

No dia 20 foi o meu aniversário. Esse ano o Fabrício perguntou o que eu queria, aliás, ele sempre pergunta. Eu prontamente respondi: quero uma batedeira planetária da marca tal. E ontem ela chegou.

Eu já tinha em mente a receita que faria quando ela chegasse e ontem mesmo já fiz esse pãozinho, ficou tão bom que não pude deixar de dividir com vocês.

Pão de Abóbora =)

Fiz ontem a noite e hoje de manhã ele ainda tava fofinho e uma delícia – nem precisamos esquentar, o que é comum em pães sem glúten.

Como estamos reduzindo aos poucos os ovos, resolvi que essa receita seria vegetariana estrita e lá fui eu inventar na cozinha.

Ficou muito bom! Espero que vocês gostem também.

Os ingredientes podem ser comprados no Empório Panela da Ju, se você ainda não o conhece clique aqui. Enviamos com frete grátis para todo Brasil, de acordo com a política prevista em nosso site!

Para a receita eu fiz um mix caseiro, da seguinte maneira:

3 xícaras de farinha de arroz integral
1 e 1/2 xícara de amido de milho
1 e 1/2 xícara de polvilho doce
1 colher de chá de goma xantana
Misture tudo muito bem e guarde em um pote tampado.

Ingredientes: 
1 xícara de abóbora cabotiá
Mix de farinhas sem glúten quanto baste – eu usei o caseiro acima, mas você pode usar os mix prontos, que você encontra em nosso site
2 colheres de sopa de azeite de linhaça ou óleo de coco
2 colheres de sopa de farinha de linhaça
6 colheres de sopa de água filtrada
1 colher de sopa de açúcar mascavo
1 colher de chá de sal
1 xícara de leite vegetal (eu usei de arroz)
10g de fermento biológico

Modo de Preparo

Primeiro precisamos fazer o ovo de linhaça. Para esta receita, a melhor proporção é 3/1, ou seja, para cada colher de farinha de linhaça, use 3 de água.

Em um copo, misture as 2 colheres de farinha de linhaça com 6 colheres de água filtrada. Misture bem e reserve por 20 minutos.

Descasque a abóbora (eu prefiro cozer toda ela é separar o purê em saquinhos no congelador para quando precisar – fica bem até 90 dias), cozinhe em água com sal por 20 minutos – ou até que esteja macia. Não pode passar desse tempo se não ela fica aguada, aí não dá certo.

Depois de cozinhar, faça um purê, amassando bem a abóbora e reserve 1 xícara para esta receita.

Agora, faça a esponja do fermento, evitando assim de perder ingredientes. Em uma tigela, adicione o fermento, o açúcar e o leite vegetal morno (coloque o dedo e conte até 15, se você suportar, é a temperatura correta). Mexa tudo e tampe o pote, aguarde cerca de 25 minutos e veja se formou uma espuma na parte de cima, indicando o trabalho do fermento.

Na batedeira (ou em uma tigela se você tiver força para amassar) adicione o purê de abóbora, os ovos de linhaça, o sal, o óleo e mexa bem, até ficar homogêneo. Adicione a esponja e, em seguida, vá colocando aos poucos o mix de farinhas sem glúten. O ponto dela, é quando você consegue pegar a massa sem grudar nas mãos.

Pão de Abóbora2

Deixe crescer por 1 hora (eu coloquei dentro do forno aquecido, mas desligado, porque estava frio).

Unte uma forma, molde as bolinhas e deixe uma distância de 2 dedos entre elas. Por cima, usei uma misturinha de shoyu com azeite de oliva pra dar cor. Finalize com gergelim cru ou torrado.

Asse em forno preaquecido a 180°C por, aproximadamente, 50 minutos, ou até que estejam dourados. Retire do forno, deixe esfriar e sirva!

Pão de Abóbora 3

Eu acompanhei o meu com ghee vegetal e com homus tahine, já já essa receita vai estar no blog.

O que acharam?

Embora pareça complexa, é super fácil de fazer. O Fabrício disse que esse e o melhor pão sem glúten que eu fiz até agora!

Se você fizer, poste uma foto com a #paneladaju, assim podemos acompanhar como as nossas receitas trazem alegria para a sua casa!

Use o espaço dos comentários para dúvidas, sugestões, pedidos, etc. Este espaço é seu!

 

 

 

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *