Brain Fog

Você já ouviu falar sobre “Brain Fog”? Se não, pode ser que você seja do grupo que tem e nem sabe…

Isso mesmo! O @fabricsilva tem. Talvez seja o sintoma mais evidente quando ele se contamina.

Aquela sensação de “nuvem no cérebro”, dificuldade de concentração, “ih, esqueci”, “tava indo, mas não lembro onde”, “o caminhão tava vindo na minha direção e não consegui reagir”.

Essas foram apenas algumas das frases que o Fabrício costuma dizer.

E como isso pode estar relacionado com a Doença Celíaca?

O @dr.fernandovalerio afirma que “Quando há uma resposta auto-imune ao glúten há um aumento da liberação de mediadores inflamatórios que podem interferir na barreira cérebro-sanguínea, causando danos à função cerebral.”.

Ele ainda afirma que ” as deficiências de vitaminas e minerais associadas à doença celíaca e outros distúrbios de má-absorção nutricional, que podem causar déficits neurológicos.”

E pra finalizar, ele considera “as alterações no eixo intestino-cérebro e microbiota intestinal”, podem ter relação com o brain fog, uma vez que “a flora intestinal interage diretamente com a nosssa alimentação e aspectos emocionais/neurológicos, e poderia ter relação com a neblina cerebral”.

E você aí? Tem algum sintoma neurológico causado pelo glúten?

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *