Tapioca

A receita de hoje é daquelas bem gostosas, que a gente tem dificuldade de conseguir comer só uma. Mas, comendo com moderação, não tem problema!!

Bom, a massa da tapioca em si, é difícil de fazer, por isso prefiro comprar ela já pronta.
Eu comprei na feira da lua lá de Santo Antônio da Platina, a tia que vende lá faz uma sensacional.
No mais, a receita é composta de recheio, que pode ser doce ou salgado.
Eu fiz os dois, e compartilho aqui com vocês!

Como preparar a tapioca?
É simples, depois de ter comprado a massa pronta, ou feito, conforme você achar melhor, basta untar uma frigideira, com pouquíssimo creme vegetal, e espalhar a massa, como se faz com panqueca.
OBS: Eu ainda vou aprender a fazer a massa e postar aqui pra vocês!
Tampe a frigideira e vá acompanhando de quando em quando para saber se já juntou todos os grãozinhos.
Quando tiver grudado, basta virar, para que o outro lado também fique unido.
Para uma frigideira grande, eu usei 3 colheres bem cheias de farinha de tapioca.
E o recheio?
Para o Salgado:
O recheio salgado eu fiz um reaproveitamento de coisas que tinham sobrado do fondue da noite anterior, e ficou BOM demais! Nada de jogar comida fora galera!
Em um frigideira, eu coloquei um fio de azeite, cebola picadinha, alho triturado, alho poró e palmito, deixei refogando. Quando a cebola já estava transparente,  eu juntei cenoura, brócolis, milho e ervilha, deixei refogar até o ponto que achei que estava bom (ainda um pouco molhadinho).
 Então, é só espalhar o recheio em metade da massa de tapioca e dobrá-la.
Tapioca (1)Tapioca (2)Tapioca (5)Tapioca (3)
Para o Doce:
O recheio doce foi um reaproveitamento do fondue doce, então só esquentei. Mas é simples: Derreta em banho maria uma barra de chocolate amargo e uma de chocolate ao leite, ou alfarroba, como achar melhor. Misture com uma caixinha de creme de leite ou creme de soja, e está pronto.
Espalhei o chocolate pela tapioca e depois piquei morangos.
Então, é só fechá-la.
Tapioca (6)Tapioca (7)
Gente ainda desconheço algo que seja tão simples de fazer e saboroso como a Tapioca.
Ela é bem típica do Nordeste. Eu a conheci em Cuiabá, quando fui visitar minha amiga Keilinha, mas também comi em Maragogi, na Lua-De-Mel.
Só tenho a dizer que é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A!!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *